Baú da Conceição

Receitas culinárias simples, de rápida preparação, testadas por mim.

terça-feira, outubro 17, 2017

Bolo de Banana Caramelizado


A banana é um dos frutos que sempre tenho na fruteira por ser muito apreciada cá em casa. O seu sabor doce e facilidade em ser tratada faz com que seja o fruto ideal para empregar em doces e sobremesas, especialmente quando acompanhado por caramelo.

O meu receio com bolo de banana é que ele se torne seco, mas o mesmo não se sucedeu com este bolo que ultrapassou as expetativas. Assim, para além de não ter ficado demasiado doce graças ao contraste entre o aroma da banana e o toque ligeiramente amargo do caramelo, que o tornou numa sobremesa deliciosa, ficou com uma textura muito semelhante a pudim.


Ingredientes:

  -Bolo
6 bananas maduras
3 ovos
1/2 xícara de óleo
1/2 xícara de açúcar
1/2 colher de sopa de canela
2 xícaras de farinha

 -Caramelo (pode utilizar caramelo de compra)
1/2 xícara de manteiga
1 xícara de manteiga

Preparação:

Esmague 4 ou 5 bananas (deixando uma inteira de fora) até fazer uma pasta e adicione os ovos, o óleo, o açúcar e a canela até ficar uma mistura acastanhada. Depois, junte a farinha e mexa bem.

Leve ao lume a manteiga e o açúcar, mexendo sempre para não deixar torrar, e quando começar a fazer bolhinhas, retire do lume e verta o caramelo para uma forma.

Aparte, corte a banana que sobra às rodelas, e coloque-as por cima do caramelo, seguido da mistura do bolo.

Leve o bolo ao forno a 180ºgraus por cerca de 30/45 minutos.

terça-feira, outubro 10, 2017

Lasanha de carne picada à minha moda



Desde o início do blog, várias receitas de lasanha foram publicadas, mas só há algum tempo é que reparei que nenhuma delas era a minha receita de lasanha tradicional, a habitual e a preferida da casa.

 Muito saborosa e com um generoso e delicioso recheio de carne, molho e queijo, este prato surpreende pela simplicidade dos seus ingredientes, pelo seu aspeto cremoso e sabor intensivo, mas sobretudo pela sua adaptabilidade aos diferentes gostos e preferências, sendo que se pode facilmente acrescentar legumes, como cenoura, espinafres, alho francês, beringela, courgette ou até substituir a carne pela proteína da sua preferência. Assim, apesar de ser um prato trabalhoso, é capaz de deixar água na boca, e fazer a delícia de quem a come.


Ingredientes:

- Carne
500 gramas de carne picada
Azeite
Cebola picada
1 dente de alho
1 folha de louro
Vinho branco
Cenoura Ralada
Polpa de tomate ou Tomate sem pele picado
Sal
1 piri-piri
1 copo de água

- Lasanha
6 ou 8 folhas de lasanha
2 pacotes de molho bechamel com 200 ml cada
Queijo ralado (eu uso parmesão ou queijo da ilha para um sabor mais intenso)


Preparação:

-Carne
 Numa fase inicial, é necessário refogar a carne picada. Para tal, num tacho coloque um fio de azeite com a cebola picada, o dento de alho e a folha de louro, e deixe-a a refogar até ficar transparente.

 A partir daí, adicione a carne e deixe-a fritar, refrescando-a de seguida com um pouco de vinho branco. Nesta etapa, adicione o tomate e os legumes da sua preferência, sendo que neste caso juntei a cenoura, temperando depois a carne com sal e piri-piri.

Após temperar, junte água e deixe a carne estufar até ficar tenra e cremosa.

-Montagem da Lasanha
Comece por colocar numa forma refratária um pouco de molho bechamel, distribuindo de seguida as folhas de lasanha, de forma a que a superfície inferior fique toda coberta.

Por cima da massa, ponha a carne picada, seguindo-se das folhas de lasanha, molho bechamel e, outra vez, a carne, e um bocado de queijo, repetindo o processo até acabarem os ingredientes.

 Para uma lasanha mais crocante, termine com folhas de lasanha, ou se preferir uma parte superior mais cremosa, com a carne e creme bechamel. Independentemente da maneira como preferir, ponha uma generosa quantidade de queijo ralado por cima.

Esta receita pode variar de acordo com as suas preferências. Assim, deixo algumas sugestões para uma Lasanha de carne com molho de espinafres ( a substituir o molho bechamel), Lasanha de atum e cenoura , Lasanha de atum e espinafres e  Lasanha de frango e espinafres .



terça-feira, outubro 03, 2017

Quiche de vegetais

 

 Quantas vezes surge a vontade de comer algo diferente, mais leve e fácil de fazer, mas acabamos por cair numa opção pouco saudável, rica em calorias e pobre em legumes? Admito que também eu aderi a esta tendência, numa tentativa de agradar a miúdos e graúdos, sempre na constante luta contra os vegetais.
No entanto. ao longo do tempo fui-me deparando com várias alternativas de comida, tal como esta quiche que, apesar de não obedecer à conceção tradicional de uma refeição pesada, acaba por ser uma refeição completa, apelativa, e relativamente saudável, cheia de legumes.

Na realidade, esta receita é uma versão atualizada e maior da minha Tarte de alho francês, bacon e cogumelos , sendo que a diferença reside nos vegetais utilizados, que podem ser adequados ou substituídos de acordo com a sua preferência, mas também nas quantidades.


Ingredientes:

Massa folhada
200 g de cogumelos frescos
1 alho francês
1 cenoura ralada
1 courgette ralada
100 g de bacon
6 ovos
2 pacotes de natas (200 ml cada uma)
Queijo ralado
Sal e pimenta q.b

 Preparação:

Antes de cozinhar, forre uma forma com papel vegetal, colocando depois a massa folhada.

Numa frigideira, salteie o bacon cortado em pedaços, juntando de seguida os restantes legumes, também cortados em pedacinhos, até ficarem dourados.

De seguida, bata os ovos com as natas e tempere a mistura com sal e pimenta, vertendo-a por cima da massa folhada.

Após esta etapa, deite os legumes e o bacon por cima da massa folhada, seguida da mistura de ovos e, por fim, queijo ralado no topo.

Leve ao forno durante cerca de 30 minutos, a 180 º, até ficar dourada.

segunda-feira, setembro 25, 2017

Tarte de Maçã e Pêssego


Para comemorar a chegada do Outono e aproveitar aquelas maçãs há muito esquecidas na fruteira,  apresento uma receita de tarte de maçã, capaz de satisfazer a gulodice da estação. Mais do que uma tarte de maçã, nesta sobremesa podem-se utilizar várias outras frutas, como neste caso os pêssegos, mas também ameixas, peras e até frutos vermelhos, consoante o gosto de cada um. 
Por outro lado, se preferir uma tarte de maçã tradicional, pode optar por utilizar 5 maçãs, substituindo as restantes frutas.
 
Ingredientes:
 
Recheio:
3 maçãs descascadas e cortadas em pedaços pequenos
1 pêssego descascado e cortado em pedaços pequenos
¾ de xícara de açúcar granulado
2 colheres de sopa de farinha
1 colher de chá de canela
¼ de colher de chá de noz moscada
¼ de colher de chá de sal
1 colher de chá de baunilha
1 colher de sopa de sumo de limão
1 colher de sopa de manteiga amolecida
 
Crumble:
1 xícara de farinha
1 xícara de açúcar
1/2 colher de chá de fermento
1/4 de sal
4 colheres de sopa de manteiga
1 ovo batido
 
Preparação:
 
Antes de começar a cozinhar, pré-aqueça o forno a 180º, e estenda a massa folhada numa tarteira coberta com uma folha de papel vegetal.

De seguida, descasque e corte a fruta em pequenos pedacinhos, colocando-a uma tigela com os restantes ingredientes do recheio, e combine-os de forma a ficarem bem misturados. Para além das especiarias listadas, pode utilizar outras como gengibre em pó, anis ou erva doce.

Transfira o recheio para a massa folhada, na tarteira, começando depois a preparar o Crumble.
Para fazer o Crumble, misture os ingredientes necessários até ficar uma mistura pegajosa e homogénea, colocando-a, de seguida, sobre o recheio da tarte.

Após esta etapa, leve a tarte ao forno a 180º durante cerca de 35/40 minutos, até ela ficar dourada.
 
 
 
 
 
 

quarta-feira, setembro 20, 2017

Bolachas de Manteiga de Amendoim

 

O tempo mais fresco aproxima-se, e com ele, as tardes passadas em casa a beber chá quente e docinhos que alimentam a conversa. Afinal, haverá combinação melhor do que chá e bolachas acabadas de sair do forno?
Um dos sabores prediletos cá em casa e que fica tão bem em sobremesas é o amendoim, especialmente sob a forma de manteiga de amendoim, que se revela o principal ingrediente desta receita de bolachinhas que derretem na boca.


Ingredientes:

1 xícara de manteiga de amendoim
1/2 xícara de manteiga amolecida
1 xícara de açúcar granulado
1 ovo
1 colher de chá de essência de baunilha
1 1/2 xícara de farinha sem fermento
1 colher de chá de fermento
1/4 de colher de chá de sal

Preparação:

De seguida, junte  numa batedeira a manteiga de amendoim, a manteiga e açúcar até formar uma mistura homogénea e cremosa, adicionando depois o ovo e a baunilha, até ficar tudo muito bem combinado.

Numa tigela aparte, misture a farinha, o fermento e sal, adicionando-os de seguida ao preparado anterior, sem parar de mexer.

Quando esta estiver pronta, forme bolinhas com a massa e coloque-as num tabuleiro, com uma folha de papel vegetal. Com as bolinhas já formadas, faça pressão com um garfo sobre as bolachas, na horizontal e vertical, de forma a achatá-las ligeiramente.

Por fim, leve as bolachas ao forno por cerca de 15-20 minutos a 180º, até começarem a aparecer rachaduras na parte de cima. Depois de as tirar do forno, convém deixá-las arrefecer no tabuleiro por alguns minutos.

terça-feira, setembro 12, 2017

Hamburguer de Atum



É tempo de Verão, estação que pede pratos simples, leves e saudáveis, mas sobretudo diferentes e fáceis de fazer. Atum em lata é algo que nunca falta cá em casa, e para aqueles dias em que o frigorífico se encontra mais vazio, é o alimento ideal.  Foi num desses dias que esta receita surgiu, e com poucos ingredientes e algumas latas de atum, conseguiu-se fazer um hambúrguer saboroso, diferente e saudável, que fica uma maravilha quando servido no pão.

Esta receita dá para 2 hambúrgueres grandes, como o da imagem, ou 4 mais pequenos, o que corresponde aproximadamente a uma refeição para 2 pessoas.



Ingredientes:

2 latas de atum ao natural
2 colheres de chá de mostarda
1/2 xícara de pão ralado
1 colher de chá de raspa de limão
1 colher de sopa de água ou do líquido do atum
2 dentes de alho
Sal e pimenta
1 ovo

Preparação:

Escorrer o atum e colocá-lo numa liquidificadora para o desfazer.

Juntar em seguida os restantes ingredientes e misturá-los até ficar uma mistura homogénea e pegajosa.

De seguida, é necessário reservar a mistura no frigorífico por uma hora, de modo a que esta fique ligeiramente mais dura, e após o período de espera, moldar os hambúrgueres.

Untar a frigideira com manteiga, de forma a conferir um sabor mais agradável, e grelhar os hambúrgueres até ficarem mais escuros e com a textura desejada.

Por fim, falta só montar os hambúrgueres de acordo com a sua preferência. No meu caso, coloquei-os no meio do pão, servindo-os com tomate, alface e cebola, mas pode optar por várias outras opções, como queijo, cebolada, verduras, cogumelos, mostarda, ketchup ou maionese, ficando aqui as sugestões.

quinta-feira, setembro 07, 2017

Lava Cakes



Para aqueles dias em que nada satisfaz mais a gula do que uma sobremesa rica em chocolate, capaz de aquecer o coração, recomendo estes bolinhos chamados "Lava Cakes", bastante fáceis de fazer.  Parecem meros queques de chocolate por fora, ainda que com uma textura leve que faz lembrar pudim, mas quando abertos a meio revelam um interior repleto de chocolate derretido que encanta qualquer um.

Recomendo comê-los quentes, após os deixar esfriar na forma por 15 minutos, e só então desenformar.




Ingredientes:

1/2 xícara de farinha
1/2 xícara de açúcar
1/4 xícara de cacau em pó
1/4 de colher de chá de sal
1/2 colher de chá de fermento
1/4 xícara de óleo
1 colher de chá de extrato de baunilha
200 ml de leite
200 g de chocolate de culinária partido aos pedacinhos

Preparação:
Misturar os ingredientes secos (a farinha, açúcar, cacau, sal e fermento), juntando de seguida o óleo, a baunilha e o leite, para formar uma mistura homogénea.

Quanto tudo estiver bem misturado e sem grumos, verter a massa, que deverá estar líquida, para forminhas de queques.

De seguida, colocar 1 ou 2 quadradinhos de chocolate no meio de cada forma, até estarem cobertos pela massa.

Por fim, colocar a assar no forno a 180º por cerca de 20 minutos. Após este tempo, retirar do forno e colocar a arrefecer durante 15 minutos, e só depois desenformar e decorar a gosto, comendo os Lava Cakes de seguida, ainda quentes.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...